Suculentas: o que você precisa saber antes de inclui-las na decoração

Suculentas são plantas queridinhas para casas e apartamentos e isso acontece porque elas costumam ser muito bonitas, fáceis de cuidar e encontrar. No entanto, é importante saber algumas coisas antes de encher o seu lar delas. Acompanhe e saiba tudo.

O que são suculentas?

As suculentas são simplesmente as plantas com as folhas mais grossas, que funcionam como uma espécie de reservatório de água e por causa dessa característica conseguem passar mais tempo sem precisar serem molhadas, sendo muito fáceis de cultivar.

Elas são perfeitas para decorar a casa em locais internos ou externos, dão o ar de sofisticação e aconchego que o ambiente precisa.

Para pessoas que possuem uma rotina mais movimentada são o tipo mais indicado de plantas para se ter em casa, pois como são originarias do deserto, reservam água internamente e não precisam do cuidado diário que muitas plantas exigem.

Além disso, elas se dão bem em praticamente qualquer ambiente, podendo ser cultivadas no sol, com muita luminosidade, mas tamém muitas delas em ambientes internos secos e úmidos também.

Agora vamos saber de mais detalhes sobre elas.

Exemplo de suculentas

Já foram registradas cerca de 22 mil espécies de suculentas, mas vamos falar das principais aqui.

Cacto

Talvez o tipo de suculenta mais conhecida, que muitas pessoas confundem. Para resumir, o cacto é uma suculenta, mas nem toda suculenta é um cacto.

Áloe Vera

Também conhecida por babosa, Áloe Vera é uma suculenta muito usada em cosméticos e medicinais, porem também ficam ótimas na decoração.

Senécio azul

De beleza surpreendente é uma das poucas que precisam de muita luz, por isso não são as melhores para ambientes internos, pois não desenvolvem o azul de suas petá-las e podem não ser saudáveis.

Echevéria

Também muito bonita, suas folhas crescem em formato de roseta e é uma das mais comuns. As echevérias podem ser criadas em ambientes internos e externos.  

Como cultivar suculentas

Elas podem ser cultivadas sem complicação. Apenas precisam de terra, de preferência de boa qualidade e receberem água uma vez ou outra. Aqui vão algumas dicas:

É preciso ter cuidado com a raiz, pois se colocar muita água ela pode apodrecer e você perde a plantinha. Para isso não acontecer, não coloque água em excesso e você pode colocar pedras no fundo do vaso, antes de colocar a terra para que o líquido escorra para fora. Lembre-se: o vaso deve ter furinhos para tirar o excesso de água.

Para uma planta pequena, apenas duas colheres de água são suficientes a cada duas semanas quando o clima estiver mais frio, já quando o clima estiver mais quente, duas colheres por semana,

Mesmo se cultivada dentro de casa, é importante expô-las ao sol alguns dias por semana, pois algumas pragas adoram as coitadinhas. São uns pontinhos brancos muito chatos de tirar e que podem estragar sua plantinha, que são a cochonilha, pulgão e os fundos.

São muito fácies de criar mudas, sem precisar fazer um buraco e enterrar a ponta se quer. Para multiplicá-la, separe uma folha e deixe secar por um dia, então depois de deitá-la sobre a terra, pingue duas gotas de água por semana até que cresça.

Leia também:

https://brasilazy.com.br/como-colocar-plantinhas-em-casa-e-apartamento/

Gostou das nossas dicas? Assim como as suculentas, nossos puffs vão bem em qualquer ambiente. Clique aqui e veja os modelos mais incríveis para sua casa.

Carrinho